Baixa incidência de infecção nas cirurgias anti-glaucomatosas com mitomicina C

Foram divulgados os resultados de um estudo multicêntrico envolvendo 908 pacientes glaucomatosos submetidos a cirurgia de trabeculectomia com mitomicina C, associada ou não com facoemulsificação. Os resultados da pesquisa revelaram que houve baixa incidência de infecção com o uso da mitomicina C, sem diferença estatística entre as cirurgias isoladas e as cirurgias combinadas. Também não houve diferença estatística entre base-límbica e base-fórnice dos flaps conjuntivais, quanto às taxas de infecção. Assim, os pesquisadores concluem que o uso de mitomicina C apresenta boa segurança nas cirurgias anti-glaucomatosas, combinadas ou não com a facoemulsificação.

Fonte: Ophthalmology, março de 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *