Hifema

O que é hifema?

Hifema é uma hemorragia no interior do olho, mais especificamente, na região da câmara anterior (espaço situado entre a córnea e a íris).

Quais são as causas de hifema?

Diversos fatores podem provocar hifema, como traumas oculares, cirurgias oculares, uso de anti-coagulantes e transtornos da coagulação sangüínea. Casos de rubeosis iridis (presença de vasos anômalos na íris) também podem gerar hifema. A rubeosis iridis, por sua vez, pode ocorrer em pacientes com diabetes ou naqueles que sofreram oclusões vasculares na retina.

Quais são os sinais e sintomas do hifema?

Se o hifema for leve, poderá cursar sem muitos sintomas, mas o mais usual é que o paciente perceba desconforto ocular, olho vermelho e até mesmo comprometimento da visão nos casos mais graves.

Que complicações o hifema pode causar?

O hifema poderá gerar aumento da pressão ocular e inflamação ocular significativa, caso não seja adequadamente tratado. O aumento descontrolado da pressão ocular, por sua vez, poderá gerar glaucoma secundário, com conseqüente potencial prejuízo para o nervo óptico. O aumento da pressão intra-ocular também poderá afetar a córnea, gerando edema e opacificação da mesma (perda da transparência). Já a inflamação ocular, se não for tratada, poderá acarretar catarata e danos adicionais à córnea. Assim, as lesões ao nervo óptico, a catarata e os danos à córnea poderão diminuir a visão do paciente rapidamente.

Qual é o tratamento do hifema?

Casos leves podem ser tratados com uso de anti-inflamatórios (sistêmicos e/ou colírios) e hipotensores oculares (colírios anti-glaucomatosos). Porém, casos mais severos podem necessitar intervenção cirúrgica, como lavagem da câmara anterior e injeção de medicações para desfazer as traves de fibrina (fibrinolíticos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *